Dicas de Filmes Para Assistir nas Férias

terça-feira, 14 de janeiro de 2014


Ayo!

Como eu já falei antes aqui no blog, eu assisti muitos filmes ultitmamente - muitos mesmo. Como eu achei que seria meio complicado resenhar cada um deles separadamente, resolvi fazer um único masterpost para falar deles todos de uma vez. Acho que vai ficar meio longo, mas é mais fácil.


Então, vamos lá?


How I Live Now  
À beira de uma terceira guerra mundial, Daisy (Saoirse Ronan) é uma garota americana, que vai visitar seus primos no interior da Inglaterra. Mas quando a guerra eclode, ela deve se esconder e aprender a sobreviver sozinha. 

Já assisti alguns filmes com a atriz Saoirse Ronan, mas How I Live Now que me fez virar realmente dela. A atuação dela está simplesmente maravilhosa aqui. A personagem que ela faz, Daisy,  também é super interessante, de um personalidade quase neurótica. Daisy faz laços muito fortes com seus primos (inclusive se apaixona por um deles) e são esses laços que a fazem lutar tão bravamente para voltar para casa quando a Terceira Guerra Mundial explode. Lá mais pro meio/final, quando ela está fugindo, as cenas ficam um pouco mais pesadas, mas, se você não se incomodar com isso,. é um filme incrível que eu super recomendo.


The Kings of Summer
Joe Toy (Nick Robinson) é um adolescente que não aguenta mais viver com o pai autoritário. No verão, quando seu amigo Patrick (Gabriel Basso) também briga com os pais, os dois decidem se mudar para a floresta, junto de um garoto estranho que os segue, Biaggio (Moises Arias), e viverem sozinhos, longe da presença de adultos, caçando sua própria comida e vivendo completamente livres.

Esse filme me conquistou totalmente e me prendeu do começo ao fim. Nossos protagonistas, Joe, Patrick e Biaggio, vão morar nos bosques simplesmente porque estão bravos com os pais (exceto Biaggio - ele é um figuraa que entra na história por acaso). Todo mundo fica bravo com os pais em algum momento, e Kings of Summer faz você ter vontade de fugir pras florestas também e esquecer todos os seus problemas. O filme também fala de
  amizade e lealdade aos amigos. Além de ser super divertido de assistir e ter personagens incríveis. Recomendo muito o filme, acho que virou um dos meus preferidos.

Questão de Tempo
Ao completar 21 anos, Tim (Domhnall Gleeson) é surpreendido com a notícia dada por seu pai (Bill Nighy) de que pertence a uma linhagem de viajantes no tempo. Ou seja, todos os homens da família conseguem viajar para o passado. Tim logo se empolga com o dom, e sua primeira decisão é usar esta capacidade para conseguir uma namorada. Mas logo ele percebe que viajar no tempo e alterar o que já aconteceu pode provocar consequências inesperadas.

Estava meio apreensiva quanto a esse filme porque achava que se tratava de puro romance e talvez, alguns timey wimey, ou "efeitos borboleta". Me enganei muito, pois o filme realmente me prendeu e me emocionou e também passa uma mensagem linda de aproveitar todo o tempo que você tem. As cenas de humor também são ótimas e é super divertido ver as "segundas chances" de Tim. Recomendo!


Álbum de Família
Barbara (Julia Roberts), Ivy (Julianne Nicholson) e Karen (Juliette Lewis) são três irmãs que são obrigadas a voltar para casa e cuidar da mãe viciada em medicamentos (Meryl Streep), após o desaparecimento do pai delas. O encontro provoca diversos conflitos e mostra que nenhum segredo estará protegido. Enquanto tenta lidar com a mãe, Barbara ainda terá que conviver com difíceis relações com o ex-marido (Ewan McGregor) e com a filha adolescente (Abigail Breslin).

Vi o trailer desse filme por acaso, e quando vi que tinha Meryl Streep, Abigail Breslin e Benedict Cumberbatch no elenco, já fiquei interessada. Como meu pai tinha baixado ele, resolvi assistir. Gostei muito, ele retrata bem as relações de uma família no mínimo perturbada. Meryl Streep está simplesmente perfeita em seu papel, como uma mãe brutalmente honesta, viciada em drogas e quase louca. Cada membro da família tem seu problema pessoal e eu achei isso bem legal. Além do que, [SPOILER SPOILER SPOILER]  no final, todo mundo simplesmente briga um com o outro e vai embora, o que é bem mais realista que fazer as pazes e tomar chá.

Minha Vida Dava um Filme
Nada está dando certo na vida de Imogene (Kristen Wiig): seu namoro terminou, e sua carreira como dramaturga não deu certo. Sem dinheiro, ela é obrigada a voltar a morar com sua mãe excêntrica (Annette Bening), que vive com um jovem namorado mentiroso (Matt Dillon) e um garoto (Darren Criss), dormindo no antigo quarto de Imogene. Aos poucos, ela começa a compreender melhor a sua família e as suas raízes.

É uma comédia bem simples e muito divertida, ótima para dar umas boas risadas. Admito que no começo do filme eu achei a protagonista, Imogene, um verdadeiro pé no saco, mas depois ela fica mais legal e aprende o que realmente importa.






 Além desses, também assisti A Vida Secreta de Walter Mitty e A Menina Que Roubava Livros (sim, está em cartaz há dois meses nos States, foi só baixar), dois filmes que eu simplesmente amei e que acho que merecem resenhas separadas.

Kisses,

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe um comentário! Não se esqueça de pôr o link do seu blog (caso você tenha um, é claro) para eu dar uma olhadinha lá depois.
Kisses!