642 coisas sobre as quais escrever #2

quinta-feira, 28 de agosto de 2014


Ayo!

Gente, não posto aqui há quase uma semana, gomen TT-TT Eu sou acostumada a postar a cada 2 ou 3 dias, mas aquele maldito do desânimo me impediu. Se eu passo mais de cinco dias sem postar, eu piro. E dessa vez eu passei seis. Então, né. Desculpa ;~;

Enfim. Trouxe hoje o #2 do projeto 642 coisas sobre as quais escrever. Eu peguei um tema aletório, que foi...


171. Você acorda na estrada deitado(a) ao lado de uma bicicleta, sem memória e sem carteira. O que acontece depois?

A luz por trás das minhas pálpebras é irritante. Cubro meu rosto com meu braço, enrolando-me como um gato. Um gato... Tenho certeza que já vi um gato fazer isso. Mas...
Levanto-me sobressaltada. O gato. Que gato? Eu sabia que gatos dormiam daquela maneira, mas não me lembrava de qual eu havia visto assim. Era meu? Qual era a cor de seu pelo? Onde ele dormia daquela maneira?
Minha cabeça palpita, confusa e assombrada pela perda de memória completamente seletiva. Então me dou conta de outra coisa.
Onde estou eu?
É uma estrada de asfalta deserta, cercada por uma vegetação do cerrado, com árvores engraçadas e muita grama seca. Eu tinha aprendido isso na escola. Como era a minha escola, minha professora e meus colegas, eu não fazia ideia. Aquilo era assustador... E fascinante. Há uma bicicleta caída ao meu lado e o sol está alto e quente, o ar seco, com cheiro de queimado. Me lembrei de mais uma coisa.
Quem sou eu?
Procuro nos bolsos da minha calça jeans por uma carteira. Uma identidade, uma carteira de motorista, alguma coisa. Nada. Encontro apenas sete papéis de chiclete e outros três chicletes ainda embrulhados. Olho para a bicicleta a meu lado. Determinado, pego-a e monto. Dou algumas pedaladas, e então consigo me lembrar de uma coisa:
Não sei andar de bicicleta.
Caio no asfalto duro e ralo meus cotovelos e mãos. Minhas mãos ardem muito mais. Olho para meus dedos e conto cinco cortes de papel. Que tipo de pessoa tem tantos cortes de papel. Suponho que seja uma estudante. Ou talvez uma secretária? Simplesmente uma pessoa que gosta de livros?
...
Eu não sei andar de bicicleta. Portanto, não cheguei lá por ela e não sofri um acidente daquela maneira. Só resta a opção de ter sido deixada lá... Sinto um arrepio.
Não sei mais de nada. Num ímpeto, pego um dos chicletes e ponho na boca, mastigando pensativa e experiente. Eu sou uma pessoa que masca muito chiclete...? Me sento na beira da estrada, confiante de que algum carro passaria e pudesse me dar informações e carona.
Nenhum carro passou. O dia passou, a noite passou, um leve cheiro de queimado passou, mas carro que é bom, nada.
Me sobressalto. "Carro que é bom, nada"? Eu sou uma pessoa que fala esse tipo de coisa? Seja lá o que apagou minha memória, não foi muito eficaz. Partes de mim ficam indo e vindo, em impulsos. Encaro de novo meus dedos cortados, com unhas longas e quebradas. Me levanto e começo a caminhar em direção à lua cada vez mais baixa no céu. A madrugada é silenciosa, assim como eu.
Não sei quem eu sou. Não sei quem (ou o que) me deixou lá com a memória apagada, nem por quê. Mas tudo bem. Sou uma folha soprada longe, mas voltarei para minha árvore.
Bem, folhas não fazem isso de verdade. Elas só se rasgam. Mas acho que você entendeu o que eu quis dizer.
Só me resta andar.
E andar.
...
E andar.

Ouvindo: All Right - Lim Kim

Textinho besta pra vocês ♥ Falando sério, ele não é e nem deve fazer sentido - é só algo que eu escrevi no calor do momento mesmo. Eu gostei, soa bem para mim, então pronto. Espero que tenham gostado também, no final das contas ♥

Agora vou indo~ E só pra constar, eu tenho mesmo vários cortes de papel na mão ;~;

13 comentários :

  1. Eu adorei esse post, eu faço isso as vezes para ver se tenho ideias, pego uma palavra e escrevo algo sobre ela. Gostei bastante do seu texto. Até a próxima !

    Bjoos Miih <3

    http://bookscoffeeandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou ♥ Eu não estava conseguindo escrever fluidamente há muito tempo, mas começar esse projeto me fez retomar o hábito. Obrigada :3

      Excluir
  2. Amei o projeto *0* e já pra fazer muito post u3u
    Amei *u* Tem muito jeito para escrever ~ \o/
    Gosto muito do seu jeito de escrever, e também de como foi se lembrando de memórias *--* acho que nunca seria capaz de fazer um texto assim ; o ;
    Coitada :v

    Kissus *3* http://official-otaku-mode.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é muito legal mesmo :3 E já dá pra ter 642 posts de fachada, né? HAHA mas eu quero postar mais de um texto de vez em quando.
      Obrigada ♥ Eu me inspirei em alguns livros em que os personagens perdem a memória - apesar de não se lembrarem de nada, o corpo ainda mantinha os velhos hábitos \o/
      Cortes de papel são a pior coisa ;~;

      Excluir
  3. Sabe, esse ar de confusão e determinação da personagem está FENOMENAL. Não sabia que você escrevia tão bem, se pegar mais textos para fazer isso, eu iria adorar. Já tinha ouvido falar do projeto e li algumas pessoas que participam, mas nem metade escreve tão bem como você. Não, isto não são elogios, falsos. A pontuação, o ritmo, a ambientação, tudo está perfeito! Se eu achava que escrevia bem, agora fui completamente destronada >.<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uau, sério? Nem escrevi pensando nisso - sem falsa modéstia, escrevi o que deu na telha mesmo ahsuahsuash Mas que bom que gostou \o/ Sim, eu vou escrever mais textos baseados em temas aleatórios do projeto :3 Muito obrigada mesmo ♥ Eu me sinto muito bem quando outras pessoas elogiam o que eu escrevo :)

      Excluir
  4. Se você resolvesse escrever um livro contando essa história eu leria sem problemas. Você escreveu muito bem, fiquei com vontade de virar a página para ler o próximo capítulo (e daí que estou no computador? Descarte esse fato), mas aí lembrei que não tem próximo capítulo >-< Não fez sentindo nenhum, mas se você quisesse continuar e escrevesse uma Parte II eu leria sem problemas ^^
    photo-and-coffee.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ashaushaush, se vier com uma ideia, escrevo uma Parte II sem problemas \o/ A história ficou bem vaga, e acabou que até eu, revisando o texto, fiquei com vontade de ler mais 8D Fico muito feliz que você tenha gostado :3

      Excluir
  5. Gente, esse texto me deixou agoniada. Sério, sou muito empática e já me senti desesperada, perdida no meio do nada, sem saber quem eu sou! AI GENTE, QUE AGONIA Ç_Ç

    Mas venha cá: você aí preocupada em ficar 6 dias sem postar, eu já fui de postar uma vez ao mês xD Relaxe querida, a gente tem mesmo que fazer as coisas quando dá a vontade, que se ficar fazendo por obrigação, perde a graça. Vá por mim, sei que do que falo -qq

    Adorei o texto, mas não me dou com esses temas/memes/desafios infinitos, ou do tamanho da vida. u_u espero que você se dê bem com ele, HAHAHA!

    Beijinhos, Hannah <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, espero que isso signifique que eu escrevo bem 8D
      É, eu sempre fui do tipo "tenho que postar logo senão os leitores ficam chateados" D: Mas eu acho até bom por um prazo para eu postar, mesmo estando desanimada, que aí eu não desisto de vez.
      Que bom que gostou ♥ Haha, eu também fiquei assustada quando pensei em escrever 642 textos, mas acabou que eu pensei "não custa tentar, né?" e estou tentando :P

      Excluir
  6. E a pessoinha random anda, anda, anda... até encontrar com um Tiranossauro Rex gigante e descobrir que usou demais o carrinho de Back To The Future e fez um lapso muito louco no tempo. É. Brincadeira, eu achei muito bacana o texto Hanna, você gosta de chicletes? :B Essas ideias que surgem no calor do momento são incríveis, eu já fiz muita coisa bacana assim, e outras nem tanto, thehê! ♥ Outro coment random que a Hanna não vai ler, but it's o.k~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí está a tão esperada segunda parte -q Posso usar isso para um texto mais random se a listinha por acaso pedir HAHAHA 8D Que bom que gostou ♥ Eu amo chiclete :3 Mascar me acalma e me faz feliz :P
      Sim, na verdade eu acho que escrevo melhor escrevendo o que dá na telha do que planejando tudo owo Adorei esses coments random, haha'

      Excluir

Deixe um comentário! Não se esqueça de pôr o link do seu blog (caso você tenha um, é claro) para eu dar uma olhadinha lá depois.
Kisses!