Série de TV | Skins (1ª temporada)

terça-feira, 30 de setembro de 2014


AyO!

Gente, eu voltei a ver série -q

Ok, eu terminei a 1ª temporada de Skins já há muito, muito tempo, mas esqueci de resenhar :P A estreia de Doctor Who, a BBC colocando DW pra passar onze horas numa quarta, os seriados da fall season tudo voltando e o fim iminente do anime de Haikyuu também me deixou meio desnorteada no quesito "televisão". Até esqueci de assistir o resto da 4ª temporada de Teen Wolf e fico adiando terminar as quatro temporadas que faltam de Supernatural - adicione à lista o livro três de A Lenda de Korra e sim, eu sou uma pessoa ocupada. Mas ao fim de tudo, terminei a 1ª temporada de Skins! \o/



A primeira temporada é uma introdução aos personagens lindos da série: Michelle, Tony, Maxxie, Anwar, Jal, Cassie, Chris e Sid. Cada episódio tem foco em um certo personagem, cada um com seus problemas da vida. Acompanhamos no primeiro episódio a luta de Tony conseguir fazer seu melhor amigo, Sid, perder a virgindade. Descobrimos que Sid é apaixonado secretamente por Michelle, a namorada de Tony. Esse triângulo amoroso torna-se um dos principais plots da temporada culminando em vários acontecimentos. A situação de Cassie, que sofre de distúrbios alimentares, descrita em seu episódio, revela o quão frágil e vulnerável ela é. O envolvimento de Chris com Angie, a professora da turma, também é abordado. A amizade de Maxxie e Anwar também é colocada à prova, devido à religião de Anwar não aceitar a sexualidade de Maxxie.

Se eu gostei de Skins? Sim, é um bom seriado, com personagens (ah, os personagens!) muito interessantes, uma fotografia ótima e um roteiro legal. Mas já aviso, ele é pesado e trata de assuntos mais sérios apesar de todo o caráter adolescente. Admito que algumas vezes cheguei a me sentir desconfortável assistindo algumas cenas. Não senti nenhuma "grande mensagem" sendo passada, e foi melhor assim - se a série apelasse para o lado moralmente ético da coisa, seria bem mais sem-graça.

A Cassie é meu amorzinho nessa série ♥

Eu gostei dos personagens, achei eles cativantes (apesar de estúpidos) e cada um tem uma característica marcante que te faz amar cada um deles individualmente. A série gira em torno dos personagens e de suas relações, conflitos e problemas pessoais, então é fácil se sentir conectado a eles. Mas admito que eu tenho uma paixãozinha especial pelo Maxxie, pela Cassie e pela Jal ♥ Achei a Michelle e o Tony um casal de bocós quase a temporada inteira. O Tony conseguiu me conquistar nos últimos episódios, mas a Michelle não desceu mesmo. Sempre tem que ter uma personagem dessas, e dessa vez foi a Michelle.

As interações e relações entre os personagens são bem interessantes. Eu consegui me identificar com o conflito entre o Maxxie e o Anwar - este último é mulçumano e o outro é gay, então já dá pra imaginar por onde a coisa vai -, já que eu passei por algo parecido. Eu já conheci gente como o Tony bocó, meninas esforçadas como a Jal e virgens quintas rodas como o Sid. Bem, no geral, eu nunca comprei drogas, me envolvi com professores nem fui a festas no nível de Skins, mas nessas pequenas coisas foi bem fácil me envolver e me identificar.

O Maxxie é meu outro queridinho ♥

As atuação são muito boas também - precisam ser para poder interpretar personagens tão incríveis. Como eu falei antes, a fotografia de Skins é ótima (as partes que eles estão "chapados" -q) como eu creio que é típico da televisão britânica. Ah, esqueci de comentar isso também: a série é do Reino Unido e os sotaques são um amor ♥ A série toda é bem produzida, e vale ressaltar que a trilha sonora também é muito boa, as músicas são bonitas e combinam com o estilo "jovem e rebelde" da série. Se bem que o finalzinho com todo mundo cantando a musiquinha do Cat Stevens foi meio bizarro.

[Eu fui procurar imagens de Skins do Google e apareceu um povinho que eu nunca vi e_e O elenco regenera ou algo assim? -q]

No mais, eu gostei muito da série, é interessante e divertida de se assistir. Mas o bom mesmo são os personagens, muito bem-estruturados e lindos. Eu recomendo, mas deixo avisado que ela é pesada~ Pode ter algumas coisas que você pode não estar preparado para ver ou entender. Felizmente (ou não) eu estava, mas você é outro caso, né? -q Enfim, a série é ótima e eu gostei bastante :3

6 comentários :

  1. Essa série sempre me pareceu interessante e boa, mas nunca tive vontade de assisti-la. O principal motivo é que o estilo vem rebelde às vezes me dá nos nervos, o que acontece frequentemente nessa série. Se eu for assisti-la vou acabar explodindo meu computador '------' E mesmo se quisesse assistir ela, tenho muitas séries pra assistir. Terminar Doctor Who e começar The 100, Sherlock, Friends...
    photo-and-coffee.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é interessante e boa~ Eu não me irritei muito com o estilo rebelde dela, os personagens compensam muito e algumas situações são tão absurdas que você ignora os buracos e ri muito -q Dê uma chance quando tiver tempo, ela é uma boa série.
      TERMINA DE ASSISTIR DOCTOR WHO porque eu preciso de alguém pra comentar a 8ª temporada ;u;

      Excluir
  2. Oh finalmente sua resenha de Skins!
    Quanto á sua última pergunta, os personagens mudam na terceira temporada, ficando apenas Effy(lembra-se de Effy? Irmã de Tony?) e na quinta temporada entra um povinho também. Confesso que só gosto dos elencos das quatro primeiras temporadas.
    Amo muito a primeira temporada, apesar de preferir o elenco da segunda geração. No final Tony é atropelado certo? Adorei muito o final :3
    Eu também amo o Maxxie, acho ele um amor, e também tenho uma paixão pela Cassie, ela é tão fofa :3 Mas confesso que não gosto da Jal, não sei o porquê.
    Vou indo Hannah!
    ~Kissus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siim, quero ver a sua, hein? u.u
      Ah sim... Imaginei que era algo assim mesmo. Eu lembro da Effy, mas achei ela meio bocó também e.e Estou na segunda temporada ainda, mas logo vou conhecer as outras gerações :3
      Eu gostei bastante do final, só fiquei meio wtf quando eles começaram a cantar a musiquinha lá 8D Eu achava o Tony chato, mas quando comecei a 2ª temporada com ele todo mongol acabei sentindo falta do "outro" Tony :c
      Eu estou adorando o Maxxie na 2ª temporada ♥ Já a Cassie eu estou morrendo de pena dela~ Eu gosto bastante do Jal, mas perto dos outros admito que ela é meio sem-graça.

      Excluir
  3. Não gosto de série não, é legal até ver indicações mas eu nunca tenho vontade de ver ou acompanhar - vish, será que já disse que sim pra você? Olha, se sim, eu menti. HAHAHAHAHA!
    Mas essa me chamou a atenção pelo caráter psicológico da coisa, e das polêmicas também. FALTAM coisas assim pro público adolescente. E sim, incomoda, incomoda muito porque a gente começa a se dar conta, ainda que um tiquinho, que tem gente que de fato vive assim - gente como a gente, ouso dizer!
    A resenha ficou bacana, achei o texto mais dinâmico do que os que você costuma escrever - não sei porquê. Pode ser porque to sem dormir e tudo fica UHUL quando tô virada, hahaha!
    Beijo :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro série ♥ Acho que você não disse sim não... Mas já estou avisada 8D
      Sim, eu também gosto da polêmica. Não achei muito psicológico, tho~ Como eu falei, ele não desvia muito pra questão mais moral e ética da coisa, são mais adolescente drogados e suas relações mesmo -q Mas realmente faz a gente pensar que teve ter alguém vivendo aquilo em algum lugar...
      Acho que foi porque hoje eu não me preocupei com a parte técnica da coisa demais... Eu tava com sono (também) e fiz a resenha meio sem prestar atenção HAHAHAH

      Excluir

Deixe um comentário! Não se esqueça de pôr o link do seu blog (caso você tenha um, é claro) para eu dar uma olhadinha lá depois.
Kisses!