Série de TV | Happy Endings (1ª temporada)

quarta-feira, 1 de abril de 2015


Ayo! FELIZ 1º DE ABRIL! Não sou lá uma grande pegadista (?), então não vou fazer nenhuma piadinha com vocês hoje c: Aliás, não sou lá muito fã de 1º de abril, já que nunca tenho certeza do que é mentira ou verdade nesse mundo D: Alguém viu a notícia de que Percy Jackson vai virar uma série da Netflix? Eu realmente ia gostar disso, mas como foi lançada em 1º de abril, não posso comemorar por agora.

Buut, já que hoje é uma dia de piadas e risadas, trouxe resenha da 1ª temporada de uma série de comédia que assisti esses dias nas férias, há uns meses: Happy Endings!



Happy Endings
País: EUA
Episódios: 57 (em 3 temporadas)
Nota: ♥♥♥♥♥ (5/5)

Após ser abandonado no altar por Alex, sua noiva, Dave está com o coração aos pedaços. Mas por dividirem melhores amigos, ambos concordam em continuar a ter uma relação amigável para que possam manter o grupo unido, gerando várias situações divertidas - e desconfortáveis.





Happy Endings segue a história do grupo de amigos Dave, Alex, Jane, Brad, Penny e Max. Dave e Alex namoravam há 10 anos e finalmente estavam se casando, mas no dia do casamento, um cara de patins aparece, se declara para Alex e a noiva acaba fugindo do altar. Algumas semanas depois, o casal se reencontra e resolvem continuar amigáveis um com o outro para não acabar com o círculo de amigos.

Brad e Jane são o casal 20 mais lindo do planeta.

Dave (Zachary Knighton) é viciado em camisas de gola V e faz sanduíches. Alex (Elisha Cuthbert) tem uma loja de roupas e é bem ingênua quase retardada, mas tem Penny (Casey Wilson), a diva do grupo, para ajudá-la. Jane (Eliza Coupe) é a irmã perfeccionista de Alex e é casada com Brad (Damon Wayans Jr.), que é um pouquinho afeminado, ao contrário de Max (Adam Pally), um gay másculo, ou um "hétero que gosta de caras", como diz a Penny. É um círculo de amigos interessante e suas situações pelos episódios vão ficando cada vez mais bizarras, sem nunca perder a graça.

Na verdade, foi meu pai que resolveu assistir Happy Endings em um dia tedioso das férias, e eu, como a desocupada por natureza que sou, fui assistir com ele e foi uma das melhores coisas que eu poderia ter feito. É uma série simples, divertida e sem intenções de lição de moral ou momentos tristes, mas inteligente e que nos faz nos apegar pelos personagens, amá-los e zoar da cara deles.

"Syo cyuth!" - ou "So cute" na língua das garotas.


Happy Endings é cheio de clichês, mas eles são usadas incrivelmente bem na série - tanto para piadas, quanto para conflitos, quanto para climaxes ou interações entre os personagens. Mesmo quem não gosta de esterótipos ou clichês pode gostar de Happy Endings, porque a série é super descontraída - é realmente uma história feita única e exclusivamente para nos fazer rir.

E o principal foco de piadas são os próprios personagens! O círculo de amigos da série são aquele tipo de amigos que zoam com a cara um do outro e fazem piadinhas e sacadas sobre coisas de "humor negro" - como o fato de Max ser gay e Brad ser negro. Mas não existe nenhuma malícia real nessas piadinhas, então sem razões para ficar ofendidos. Os personagens são muito cativantes, muito apegáveis e muito identificáveis também. Eu sempre acho bom quando um personagem me fascina tanto que eu tenho vontade de fazer dele meu melhor amigo.

Personagens cativantes significam atores bons. E os atores de Happy Endings são incríveis! Talvez a piorzinha seja a Elisha Cuthbert, sempre com o timing errado, mas minha impressão foi que os roteiristas aproveitaram a lerdeza natural dela para fazer da Alex uma personagem meio retardada também HAHAHA 8D Mas todos os atores convencem e fazem um bom trabalho.

"Não são tão burra quanto sou" - Lispector, Alex.

Se você gosta de comparações, é possível comparar Happy Endings a Friends - talvez HE seja até meio inspirado em Friends. Mas eu achei Happy Endings muito superior ao seu veterano, tanto por atuações, personagens mais cativantes, histórias mais interessantes e questões técnicas como fotografia e trilha sonora também. Mas o caso é: se você gosta de história sobre amigos e situações bizarras como em Friends, você definitivamente vai amar Happy Endings - tanto quanto eu amei ♥

No mais: Happy Endings é uma série terrivelmente engraçada que certamente vai animar aquele seu dia corrido. Com ótimas histórias, vividas por ótimos personagens, interpretados por ótimos atores, é quase impossível não dar uma risadinha assistindo ou se apegar a Alex, Dave, Penny, Max, Jane ou Brad. Se quer algo para te descontrair, Happy Endings é a pedida certa. Aprovado e recomendado!

A Penny é a minha queridinha dessa série~

That's it, y'all! Tenho estado ocupada, e vou continuar ocupada. Logo após o feriado tenho provas, aula de dança e vida pessoal, mas vou passar por aqui logo logo para anunciar umas novidades para o aniversário de quatro anos do Meu Mundo \o/ Fiquem atentos! 

Bye bye~ 

2 comentários :

  1. Uaaaaaau!
    Eu nem sou fã e séries, mas fiquei bem afim de ver essa, de verdade! *w* Sempre digo isso e nunca assisto, vejamos se vou mudar dessa vez HAHAHA!
    Adorei a temática e de cara já amei o Brad e a Jane, provavelmente serão meus personagens favoritos, hahahaha! Sua resenha ficou bem gostosinha de ler ♥
    Faz tempo que não comento, mas vira e mexe dou uma olhadinha nas coisas por aqui :D Li o post sobre programas coreanos e lembro que tinha umas recomendações pra fazer, mas agora me esqueci porque sou dessas -q
    Tô ansiosa pra ver o que vai acontecer no aniversário do Meu Mundo uwu Se for promoções, eu quero participar! Nunca consigo ganhar nada por aqui, preciso mudar essa cenário! ç_ç
    No mais, muuuuito obrigada pelas felicitações ao Hishoku, fiquei muito feliz *w* E fico grata por ter gostado do novo layout também, hahaha! Ele foi tão rapidinho de início que nem dei muito amor pra ele - mas depois eu tive que caçar mil tutoriais e fazer milhões de alterações pra ficar como eu queria, no fim foi é super trabalhoso 8D''
    Ah, só uma dica, é sempre melhor focar nos estudos na sua idade, principalmente se você aspira um vestibular. Trabalhar te deixa cansado e dificulta na escola, falo por experiência própria x-x Não trabalhei no ensino básico, mas na faculdade eu preciso pra me sustentar e garanto que ia ser bem melhor se eu pudesse me concentrar mais na graduação! Acho uma pena que aqui no Brasil não temos os "Baitous" que têm lá no japão, ia ser sucesso né? D:

    Beijão, Hannah-chan! *w*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uaaaau indeed ^-^
      Espero que assista, acho que você vai gostar! Na verdade, ficaria muito surpresa se alguém NÃO gostasse de HE, porque essa série é linda ♥
      Brad e Jane são lindos, logo depois da Penny são meus preferidos. A Jane irrita de vez em quando mas eu sempre consigo perdoar -q Que bom que gostou da resenha!
      Haha, não tem problema :) Quando lembrar me fala, acho sempre bom manter meu estoque de "coisas para assistir" cheio 8D
      Logo logo irá saber u.u Acho que você vai gostar ♥ Hehe, boa sorte dessa vez, então!
      Por nada ♥ Como eu sempre falo, todo mundo merece se sentir amado (até blogs), e o aniversário é o momento certo pra isso :33 Seus layouts são sempre incríveis~ Haha, é assim mesmo, sempre apanho muito dos códigos quando vou fazer layout ;w;
      Foi exatamente isso que mamãe falou >.< E eu imagino que seja cansativo, mas queria começar a juntar dinheiro pra faculdade desde já, porque eu penso em estudar no exterior. Mas por enquanto vou me concentrar em manter as notas boas ^-^ Isso ia ser ótimo pra mim! Vou fazer campanha pra implantarem baitous no Brasil \o/ -q

      Excluir

Deixe um comentário! Não se esqueça de pôr o link do seu blog (caso você tenha um, é claro) para eu dar uma olhadinha lá depois.
Kisses!