Movielist | Agosto/Setembro!

sábado, 16 de setembro de 2017


Ayo! Demorei um pouquinho dessa vez, mas voltei ♥ Felizmente a vida deu uma acalmada esses dias e eu tenho conseguido ser bem mais produtiva /o/ Eu ando lendo muito, desenhando muito, até estudando (quem diria?), e também vendo vários filmes - e hoje eu trouxe umas mini resenhas de alguns aqui pra vocês ♥ Vamos lá?


Invasão Zumbi (2016)
Coreia do Sul, 118 min, Drama/Horror/Thriller
Eu estava ouvindo falar desse filme há um bom tempo: ele foi uma mega sucesso na Coreia, tão grande que até passou nos cinemas brasileiros por um período! Com o título original de Train to Busan (Trem para Busan), o longa chegou ao Brasil com a tradução Invasão Zumbi, o que, vamos admitir, é um título horrível e genérico, tudo que o filme não é :') 
Ele conta a história de um pai ausente que concorda em levar a filha pequena de trem para a cidade de Busan, para que a menina pudesse ver a mãe. Porém, enquanto eles viajavam, uma epidemia zumbi eclode, colocando quase o país inteiro em estado apocalíptico - a partir daí os passageiros do trem para Busan começam uma corrida pela sobrevivência.
Invasão Zumbi, apesar do título sessão da tarde, é um filme surpreendente e maravilhoso. Os coreanos fazem filmes de drama e suspense com maestria, e Invasão Zumbi explora esses gêneros muito bem. As cenas de ação te dão uma agonia real - os zumbis são medonhos sem serem trash e eu fiquei tensa a maior parte do filme. Mas pra mim a melhor parte é como o filme se mostra incrivelmente dramático: não vou dar spoilers, mas eu chorei em várias partes do filme e fiquei pensando nele depois, com um aperto no coração. O filme não é só um thriller muito louco com zumbis, ele também trata de questões emocionantes, como sacrífico, altruísmo e família. O meu ponto é que, Invasão Zumbi é um filme incrível, que vale muito a pena ver (e tem no Netflix!).


A Torre Negra (2017)
EUA, 95 min, Fantasia
Baseado em uma série de livros do famigerado Stephen King, A Torre Negra gira em torno de vários universos que são protegidos de um grande mal de fora por uma Torre Negra que se localiza no centro de tudo. No filme, o adolescente Jake Chambers (Tom Taylor) tem constantes sonhos com um misterioso Pistoleiro (Idris Elba), e com a Torre Negra sendo destruída pelo mais misterioso ainda Homem de Preto (Matthew McConaughey), e está convencido - e com razão - de que essas visões não são apenas sonhos.
Eu não sabia que estavam fazendo um filme adaptação de A Torre Negra até ver o trailer por acaso nas internets /o/ É uma saga que está na minha lista de leituras há muito tempo, e que eu imagino que iria gostar por ter um universo tão extenso e curioso. Através do filme, consegui ter um gostinho da história, e adorei ♥ É visível que é uma história interessante e bem pensar, e talvez o único problema do filme seja essa falta de tempo o suficiente para desenvolver suas ideias. Porém, esse jeito meio vago não tira a credibilidade do longa, que tem um elenco de peso interpretando personagens carismáticos em um enredo que não fica cansativo. As cenas de ação são interessantes e bem-produzidas - é hipnotizante ver o Pistoleiro lutar com seu revólver - e achei que o filme mesclou bem a aventura com um toque de drama e comédia. Para um filme baseado em livros do King, ele é bem mainstream na verdade - ou seja, é gostoso de assistir e capaz de agradar todos os públicos. Gostei bastante ♥


Onde Está Segunda (2017)
EUA, 124 min, Ficção Científica/Suspense
Uma produção original da Netflix, Onde Está Segunda retrata uma sociedade distópica onde a superpopulação levou à uma rigorosa lei que proíbe as famílias de terem mais de um filho. Neste mundo, Karen Settman morre após dar a luz à sete irmãs gêmeas idênticas; o avô das crianças as nomeia de acordo com os dias da semana e as treina para todas as sete assumirem uma única identidade, de modo que cada uma pudesse sair de casa no dia de seu nome. Aos 30 anos, as irmãs seguem essa rotina até que uma delas, Segunda, some misteriosamente.
Onde Está Segunda me surpreendeu bastante com cenas de ação intensas e uma história complexa e completa, com personagens bem criativas (mas que poderiam ter tido mais tempo para serem aprofundadas :c). Eu até comentei com meu pai que o filme poderia ser uma série, pois tem bastante conteúdo e esse formato poderia até beneficiar a apresentação das personagens e o andamento da história. Mas mesmo como apenas um longa a história também funciona bem, correndo num bom ritmo e tendo reviravoltas incríveis nas horas certas. A Netflix anda fazendo ótimos filmes nos últimos tempos e este é um desses! É bem produzido, com atuações impecáveis e um plot que poderia ser bem genérica, mas não é. Eu enjoei um pouco de distopias, comecei a achar todas muito iguais, mas Onde Está Segunda foi uma brisa de ar fresco da mesmice. Gostei bastante ♥ Se você gosta de um thriller meio tarantinesco com uma trama bem elaborada, essa é pra você.


Handsome Devil (2017)
Irlanda, 95 min, Drama
Esse filme foi incluído no catálogo do Netflix há algumas semanas, e depois de dar uma pesquisada e encontrar ótimas críticas sobre ele, resolvi assistir. Handsome Devil se passa em um internato apenas para meninos onde rugby é praticamente uma religião, todo mundo é meio homofóbico e o protagonista Ned é o esquisitão deslocado. No início do novo ano, ele é colocado como colega de quarto da recém-chegada estrela de rugby Conor, e os dois iniciam uma inesperada, mas forte, amizade.
Na verdade, eu assisti esse filme em pedaços, em dias diferentes e fazendo dever de casa ao mesmo tempo, então não lembro de muitos detalhes -q Mas se entrou nessa lista, é porque eu gostei - o filme irlandês é um prato cheio para os hipsters diferente na medida certa. Ele segue a amizade de Ned e Conor de uma maneira muito natural, contando todas as avenças e desavenças dos dois e a influências dos outros personagens, como os outros alunos e o treinador de rugby que acham que Ned é gay e vai "infectar" Conor, e o professor de inglês que junta os meninos convencendo-os a formarem uma dupla musical para um show de talentos. Mas o filme é bem discreto, tratando toda a questão da sexualidade de Ned e Conor com muita vagueza, até um certo descaso, talvez porque essa é meio que a mensagem: que a sexualidade e alguns não afeta em nada o curso da humanidade -qq Inclusive eu adorei isso nele, e quem gosta do tema "adolescentes sendo adolescentes" acho que irá se divertir assistindo também. Ele é leve e fácil de assistir, então gostei bastante ♥


It - A Coisa (2017)
EUA, 135 min, Terror/Sobrenatural
Olha Stephen King por aqui de novo! (Parece que toda vez que eu pisco sai mais um filme baseado em um livro dele) It - A Coisa é mais uma adaptação - já tivemos uma meio trash em 1990 - do renomado livro do palhaço do mal do King. O filme se passa na cidadezinha de Derry, onde há um problema recorrente de desaparecimento de crianças e outros acontecimentos estranhos; nessa situação, um grupo de crianças que se denomina Clube dos Otários descobre que um estranho palhaço está por trás desses acontecimentos, e resolvem combatê-lo.
Eu estava bem animada para esse filme porque pelos trailers parecia incrível, e eu me descobri uma fã de histórias de terror, especialmente as do King. E olha, não me decepcionei. O filme tem todos os elementos que me fazem apaixonar por uma história: personagens cativantes, enredo inteligente, tensão e uma comédia sagaz - basicamente, uma história tão envolvente que te faz se sentir dentro dela. Tudo é muito bem produzido, o elenco infantil é sensacional e o roteiro tem um bom ritmo, mesmo com o filme sendo relativamente longo. Eu saí do cinema apegada aos personagens e à luta deles - cada um tem sua profundidade e eu me surpreendi com como todos foram bem explorados e se desenvolveram ao longo do filme. Além disso, A Coisa dá muito medo, e ao mesmo é quase cômica, o que a torna ainda mais perturbadora. Eu, que gosto do gênero, achei tudo bem incrível, e acho seguro dizer que é um dos meus preferidos do ano. Como é terror, o filme tem alguns jumpscares (aquelas coisas pulando na tela do nada pra te assustar), mas esse claramente não é o foco do filme, e sim o terror psicológico e os outros gêneros, como comédia e drama. Achei tudo muito bem executado e, se você não tem coulrofobia, eu recomendo muito.

Por hoje é só, gente ♥ Essa lista originalmente ia ter mais dois filmes: Baby Driver (pobremente traduzido para Em Ritmo de Fuga aqui no BR) e Bingo: O Rei Das Manhãs (vulgo o filme do Bozo), mas eu não tinha dinheiro o suficiente pra acompanhar todos os lançamentos incríveis de agosto/setembro no cinema :'D

Espero que tenham gostado! Quais filmes vocês tem visto nos últimos tempos? Me mandem recomendações aqui nos comentários ♥

Bye bye!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe um comentário! Não se esqueça de pôr o link do seu blog (caso você tenha um, é claro) para eu dar uma olhadinha lá depois.
Kisses!